top of page
Buscar

Solstício 2021


The Alchemical Wedding by Emily Balivet


Solstício dia 21 de junho


Querid@s, como vocês estão?

Espero que bem, dentro do possível. Aproveitando que na próxima segunda teremos o solstício (verão hemisfério norte/ inverno hemisfério sul), compartilho com vocês um trecho do livro "Mistérios da Lua Negra" de Demetra George. Uma grata descoberta que reafirma a importância da ciclicidade da vida.

Feliz solstício.

Um beijo grande!💜


"A lua, com seus contínuos ciclos de crescer e minguar, tornou-se para os antigos um símbolo de nascimento, crescimento, morte e renovação de todas as formas de vida. O ritmo lunar representava a criação (a lua nova) seguida pelo crescimento (até a lua cheia), e uma diminuição e morte (as três noites sem lua isto é a lua negra). O historiador da religião Mircea Eliade afirma que foi, muito provavelmente, a imagem do eterno nascimento e morte da lua que ajudou a cristalizar as primeiras intuições humanas sobre a alternância entre a vida e a morte; e sugeriu posteriormente o mito da criação e da destruição contínuas do mundo.

A Lua, nas suas transformações, espelha as mesmas flutuações de crescimento e declínio que ocorrem no corpo humano e na psique. Em nossa vida, nós experimentamos essas alternâncias entre criação e destruição, crescimento e decadência, nascimento e morte, luz e sombra, consciência e inconsciência. Infelizmente, em nossa sociedade fomos ensinadas a temer e resistir às energias decrescentes, representadas pela sombra, pela degradação, pela morte, e pelo inconsciente. Assim perdemos nosso conhecimento de uma parte essencial dos processos cíclicos de vida, simbolizados pela fase escura da lua.

O propósito da fase escura de qualquer ciclo é o de transição entre a morte do velho e o nascimento do novo. O período escuro é o tempo do retiro, da cura e de sonhar com o futuro. A escuridão é iluminada com a qualidade translúcida da transformação; e durante esse período essencial e necessário a vida é preparada para nascer. A escuridão precede a luz da mesma maneira que a gestação precede o nascimento e o sono permite o rejuvenescimento.


Na psique humana, vivenciamos período sombrios quando nós nos sentimos voltadas para dentro e nada parece acontecer. Entretanto, em retrospectiva, em geral compreendemos que aqueles tempos invernais foram períodos que precederam explosões de criatividade e crescimento.

Sem o período para se retirar, descansar e se recuperar das exigências das atividades exteriores da vida em vigília, nosso corpo e nossa mente não podem se manter abastecido de energia vital.


Entretanto, se compreendermos a sombra da maneira correta, poderemos usar o manto da escuridão para aprender a magia dos nossos próprios e particulares ritos secretos, que nos levam a uma vida revitalizada e reconstituída."

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page